O que o aspecto das velas revelam sobre a saúde do motor?

22/06/2018|Contagem Motor Peças

As velas de ignição são peças imprescindíveis para que o motor do carro possa funcionar. Além de garantir o funcionamento correto do seu veículo, o estado em que a vela se apresenta ao longo do uso também diz muito sobre as condições de operação do motor do seu automóvel.

Quer saber o que o aspecto delas tem a ver com a saúde do seu motor? Então confira este artigo que montamos especialmente para você que. Confira!

Para que serve a vela de ignição?

Quando se fala em tipos, há no mercado uma variedade de velas de ignição

Quando se fala em tipos, há no mercado uma variedade de velas de ignição

Para compreender o papel da vela no motor do seu carro, é preciso compreender como opera um motor de combustão interna. Dentro dos pistões, o combustível é misturado a ar, comprimido e queimado. Seus gases são expelidos para o escapamento no ciclo seguinte. Mas como essa mistura de combustível com ar é queimada? A cada ciclo do motor, as velas de ignição são acionadas. Então elas produzem uma pequena faísca que é responsável por acender a combustão.

Ou seja, são milhares de fagulhas produzidas a cada minuto. Sem velas, o carro simplesmente não funciona. Os modelos mais convencionais de velas são encontradas em motores básicos e populares e mais antigos, com carburador. Velas resistivas são o tipo mais comum em motores com injeção eletrônica.

Velas se desgastam, motor sente!

As velas também podem servir como um indicador de que o motor do carro está com problemas. Elas possuem uma vida útil limitada, definida pelo fabricante, que costuma ser entre 10 mil e 20 mil km. Entretanto, se um motor começa a apresentar falhas e o problema estiver nas velas, desgastadas antes do tempo, o defeito, na verdade, pode ser do motor, ou do sistema de arranque, ou ainda do sistema elétrico do carro.

vela-de-ignicao

Superaquecimento/derretimento

Se a vela se superaquecer, o problema também pode ser do motor, e não da peça em si. Vela superaquecida, que apresenta derretimento, pode ser sinal de que a câmara de combustão está com excesso de sujeira. Isso pode ser causada por problemas de regulagem das peças do motor, ou ainda o uso frequente de combustível “batizado”, ou seja, de qualidade duvidosa.

Carbonização seca e oleosa

Se ao invés do derretimento a vela apresentar carbonização da “ponta” – a parte que produz a centelha – também pode ser sinal da falta de regulagem do motor. Essa carbonização pode ser seca – como se a vale fosse queimada, ou oleosa, em que a vela apresenta um aspecto carbonizado, mas com uma substância oleosa escura revestindo-a. Em ambos os exemplos, a entrada de impurezas no motor ou o uso excessivo de combustível adulterado podem ser as causas.

Na maior parte dos problemas, não é nada de sério com o motor. Basta uma limpeza de bicos injetores ou da câmara de combustão para evitar a perda de rendimento do carro e o aumento do consumo. Entretanto, é sempre bom realizar manutenções preventivas e ficar atento ao estado das velas do seu veículo.

Tags