Como ajustar as válvulas do motor de um carro

09/09/2019|Contagem Motor Peças

O motor do carro é repleto de peças importantes. Todas elas precisam ser revisadas rotineiramente para garantir que o veículo irá ter a máxima potência e a maior longevidade possível. Dentre eles, estão as válvulas do motor. Confira como ajustá-las e por que isso precisa ser feito!

O que são as válvulas do motor do carro?
As válvulas são uma das peças mais importantes para o funcionamento do motor, sendo necessárias para facilitar a entrada e saída de ar do mesmo. Dentre as mais importantes estão às válvulas de admissão e escape, que são responsáveis por essa tarefa.

A primeira tem o objetivo de admitir o máximo de ar para o motor, já que este é necessário para gerar a combustão. Por isso, apenas quando esta válvula é aberta e que ocorre a mistura entre ar e combustível que faz com que a explosão ocorra.

Já a válvula de escape tem o efeito contrário. Ela visa ajudar a eliminar os gases acumulados no cilindro do motor após a explosão, antes que a outra válvula seja aberta novamente. Então, quando uma fecha a outra abre instantaneamente. Assim, o cilindro pode ficar vazio a cada troca de gases.

Por isso, é importante que ambas estas válvulas se comportem perfeitamente, tendo o ajuste ideal, sem que fiquem muito presas ou muito soltas. Problemas nas válvulas podem resultar em consequências levemente incômodas, como ruídos, até problemas mais sérios na potência e no consumo exagerado de combustível.

Como ajustar as válvulas do motor?
Fazer o ajuste das válvulas não é particularmente difícil e pode ser feito por qualquer um, desde que sejam seguidos alguns passos. Além disso, é preciso ter as ferramentas adequadas como um conjunto de chaves inglesas e outro de soquetes, além de um calibrador de folga, que é o mais importante.

Então, o primeiro passo é garantir a segurança durante o trabalho. É preciso desligar a bateria do cabo e desconectar os parafusos de cobre que a mantém segura. Assim, não existe o risco de descarga elétrica.

Antes de mexer nas válvulas é preciso fazer o ajuste do tambor do virabrequim. Esta peça é um acessório importante, que regula a forma de certas peças dentro do motor, como a bomba de refrigeração. Na maioria dos carros é fácil de encontrar, pois tende a ficar bem na frente do motor, de forma bem visível. Caso contrário, consulte o manual do fabricante para saber a sua posição exata.

Ao encontrá-lo, você pode usar uma chave-inglesa para virá-lo suavemente em um movimento anti-horário, e verificar se as válvulas o acompanham.

Esse teste ajuda a determinar qual das duas válvulas precisa de ajuste. Para saber, basta observar qual é a válvula que se movimenta quando ocorre uma pressão no tambor do virabrequim. Se a válvula do lado do passageiro se movimentar, o ajuste é na de admissão. Por outro lado, se a movimentação ocorrer no lado do motorista, é a válvula de escape.

Para fazer o ajuste na válvula em questão, é preciso usar o calibrador de folga para alinhar o topo da válvula com a respectiva junta do cabeçote. Também é preciso fazer o ajuste no parafuso que fica no topo da válvula do motor, com uma chave de soquete. O objetivo é que ele esteja no mesmo nível da junta do cabeçote.

Dependendo do resultado do teste acima, também pode ser necessário fazer um ajuste no tambor do virabrequim. Você vai saber se isso é necessário se ambas as válvulas não se movimentarem em lados opostos, pois é preciso que isso ocorra.

Como já foi mencionado acima, para que ocorra a entrada e saída de gases no motor, ambas as válvulas precisam atuar em conjunto. Logo, elas precisam ser coordenadas para que o movimento de ambas esteja alinhado, tanto no lado do passageiro como do motorista. Essa sincronia irá permitir que o motor tenha uma maior potência e um desempenho melhor.

Após ajustar o motor, é necessário recolocar as tampas das válvulas. Este é o último passo, e deve ser feito com muita atenção, para que todos os parafusos fiquem em seus devidos lugares e apertados da maneira adequada. Uma boa dica é agrupar os parafusos de acordo com o seu uso e o local de instalação.

E pronto! As válvulas do motor do carro estão devidamente ajustadas e você pode contar com muito mais potência e eficiência na queima de combustível.

Algumas outras dicas para a manutenção do motor
Além do ajuste das válvulas, existem diversas outras atitudes práticas e manutenções simples que você mesmo pode fazer para aumentar a longevidade do seu motor e garantir o seu máximo funcionamento. A própria maneira que você conduz pode ser uma forma de manutenção.

Especialmente nas grandes cidades, as acelerações e freadas bruscas no trânsito não irão fazer nenhuma diferença no tempo de levar ao destino. Porém, no motor, elas fazem bem mal. Eles normalmente já estão bem quentes e estas ações bruscas o aquecem ainda mais. Isso pode prejudicar todo o conjunto de arrefecimento.

Outra boa dica é no cuidado com os filtros e com o óleo. Filtros de ar e óleo precisam ser trocados com uma frequência um pouco maior, e este não é o momento de economizar. Se eles precisam ser trocados, faça isso sem hesitar.

O próprio óleo também não é uma fonte de economia, pois ser muito econômico aqui pode gerar gastos muito maiores no futuro. Consulte sempre o manual e siga a recomendação do fabricante. Se for recomendado o óleo sintético, por exemplo, não o misture com o mineral.

Outro ponto importante é o câmbio e a maneira como ele é usado afeta diretamente o rendimento do motor. Evidentemente, rotações maiores aumentam o consumo e o ruído, o que significa que fazer as trocas no limite de giro irá limitar também a vida dos componentes. Por isso, é preciso usar sempre a marcha ideal para cada velocidade, considerando também a inclinação da própria pista.

Por fim, é fundamental ler o manual de instruções do carro. Ele tem todas as informações para que você possa cuidar melhor do seu veículo, além de trazer a frequência ideal de troca de peças e de manutenções preventivas.

O ajuste das válvulas do motor e todas as outras formas de manutenção são essenciais para que seu carro tenha o melhor desempenho possível. Por isso, fique sempre atento a elas e garanta a saúde do seu veículo!

Tags