Como aumentar o faturamento da minha oficina

12/11/2018|Contagem Motor Peças

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), o mercado de serviços automotivos no Brasil cresceu 11,5% em 2017 em relação ao ano anterior, que computou a existência de 317.691 estabelecimentos como oficinas mecânicas. Isso sem considerar os locais que oferecem serviços automotivos de modo informal.

Os dados apresentados pelo SEBRAE trazem um alerta e você deve ficar atento: o mercado de serviços automotivos no Brasil está mais concorrido e a oficina mecânica que não inovar na oferta de serviços e produtos poderá ter o seu faturamento afetado. Não sabe como fazer isso? Continue a leitura e conheça algumas dicas que podem lhe ajudar a aumentar o seu faturamento mesmo diante desse cenário!

Crie um perfil de sua oficina nas redes sociais e realize promoções atrativas

Realizar uma promoção relâmpago em redes sociais pode ser algo inovador e atrativo dentro de seu nicho de atuação. Uma promoção do tipo: “os 100 primeiros clientes que chegarem a oficina em tal dia ganharão a troca de óleo gratuita, desde que compartilhem essa promoção em seu perfil e marquem nela o nome de 3 amigos”.

Isso aumentará a visibilidade de sua oficina no ambiente digital, permitirá que os consumidores conheçam o seu estabelecimento e poderá aumentar o seu faturamento, com a fidelização de novos clientes.

Dê brindes aos seus clientes

Se existe algo que todo cliente gosta são brindes. Mas não qualquer um, precisa ser um brinde útil, como uma agenda, caneta, copo, etc. Para saber o tipo de brinde ideal, vale a pena realizar uma pesquisa junto aos consumidores. Assim, tal ação poderá alcançar os resultados que você espera.

Outra coisa: você precisa observar o brinde não como um custo, mas como um investimento que pode fidelizar os clientes antigos e conquistar novos, aumentando dessa maneira a receita de sua oficina. Pense nisso!

Ofereça um atendimento ágil e de qualidade

De acordo com uma pesquisa realizada pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo (FCDLESP), a espera em filas pode levar o consumidor a desistir da compra, afetando assim a receita de uma marca. Dos entrevistados, 78% responderam ter pensado isso.

O que isso tem a ver com a questão do atendimento ao cliente em oficinas? Tudo! Seja nas lojas ou nas oficinas, ninguém gosta de esperar e, quando os consumidores precisam ir a tais ambientes, esperam um atendimento ágil e de qualidade, que tire deles o menor tempo possível.

Um atendimento lento e de péssima qualidade não só deixa o cliente insatisfeito, mas também pode prejudicar o faturamento da empresa, uma vez que o cliente evitará o estabelecimento onde não foi bem atendido.

Já o atendimento ágil e de qualidade, pode fidelizar o cliente e deixá-lo satisfeito, estimulando-o, inclusive, a fazer publicidade gratuita de seu negócio, chegando a indicá-lo para amigos e familiares.

Gostou deste artigo? Então, aproveite o momento e leia outros em nosso blog! Nele, você encontrará textos que podem ajudar você a tornar o seu negócio ainda mais eficiente e produtivo.

—-

Fontes

Sebrae

Terra Notícias

Tags