Como funciona a bomba de combustível

27/05/2019|Contagem Motor Peças

Você já deve ter ouvido falar nessa peça, mas não sabe exatamente para que ela serve? Entenda o que é e como funciona uma bomba de combustível.

Para que o motor esteja em pleno funcionamento, ele precisa ter seus sistemas de rotação, temperatura e carga em perfeitas condições. A bomba de combustível é parte inerente do processo de funcionamento do motor. Ela bombeia o combustível armazenado no tanque para o carburador ou injeção eletrônica.

Por isso, a bomba de combustível é tão importante, e sua manutenção precisa estar sempre em dia. Agora que você já sabe do que se trata, conheça os tipos de bombas e as consequências da má conservação de seus componentes a seguir.

Neste artigo abordaremos os seguintes tópicos:

  • Como funciona a bomba de combustível mecânica?
  • Como funciona a bomba de combustível elétrica?
  • Como identificar problemas com a bomba de combustível?

Como funciona a bomba de combustível mecânica?

Geralmente encontrada em veículos de um eixo e que possuem carburador, a bomba de combustível mecânica é estruturada da seguinte forma:

Na parte superior da bomba há duas válvulas reguladoras, que são responsáveis pelo controle do fluxo de gasolina. No local também contém um filtro e um recipiente onde ficam concentrados os sedimentos. Já na parte inferior, a alavanca presente no local é acionada pelo comando de válvulas e uma mola regula a pressão.

Enquanto a mola suspende o diafragma, a alavanca empurra-o para baixo. Este movimento é contínuo. Quando a alavanca empurra o diafragma, a válvula de entrada abre e o combustível é sugado. Quando a mola empurra o diafragma para baixo, a pressão fecha a válvula de entrada e a válvula de saída se abre. Quando o carburador enche, o combustível não passa e o diafragma fica parado na parte inferior da bomba.

Como funciona a bomba de combustível elétrica?

Geralmente encontrada em veículos que possuem injeção eletrônica, a bomba de combustível elétrica é muito comum em modelos de veículos atuais.

Ela pode ser externa ou interna, no tanque. As internas fazem a aspiração do combustível e o envia para as mangueiras de abastecimento ligadas aos bicos injetores. As externas podem ser encontradas fixas ao chassi e trabalham fazendo a sucção do combustível do tubo coletor do tanque.

Quando a bomba é modular, ela fica alojada em um reservatório de plástico e, ao apresentar problemas, filtro e medidor de combustível precisam ser trocados juntos. Já no modelo não modular, os itens podem ser substituídos individualmente.

Como identificar problemas com a bomba de combustível?

Quando a bomba de combustível está desgastada ou algum de seus componentes está danificado, o motor pode simplesmente parar de funcionar ou o carro pode apresentar engasgos.

Além disso, é comum que o veículo não responda aos comandos do acelerador ou que apresente lentidão ao subir uma ladeira, por exemplo. Isso ocorre porque o combustível não está chegando ao motor corretamente e este, por sua vez, não consegue desempenhar suas funções. Para ter certeza se o problema é mesmo com a bomba, consulte o mecânico de sua confiança.

No entanto, se o veículo rodou mais do que o recomendado pelo fabricante, ele está mais propício a apresentar problemas com a bomba de combustível. Esteja sempre atento aos componentes da bomba de combustível e faça a manutenção regular do veículo.

Além disso, abastecer com combustível confiável é essencial para evitar o mau funcionamento da bomba e possíveis danos ao motor.

Tags