Saiba a importância de conhecer o motor do seu carro

05/07/2018|Contagem Motor Peças

Conhecer os componentes mais básicos do motor ajuda a reconhecer problemas mais simples, que podem ser resolvidos na própria garagem, poupando assim dinheiro e trabalho.

Para isso, vamos conhecer os componentes principais do motor e suas funções.

Os componentes do motor

O primeiro deles é o alternador, que tem a função de gerar energia para os componentes elétricos. Ele também tem a função de manter a bateria do veículo carregada. Algumas indicações de que pode haver um problema aqui, é a luz do painel piscando. Além disso, pode ser também a instalação de possíveis componentes para os quais a energia elétrica do carro não é projetada para suportar, como sons ou faróis de neon.

Falando na bateria, esse é outro componente fundamental do motor. Ela armazena energia na forma química e a transforma em energia elétrica para o veículo. Sendo assim, ela é fundamental para toda a parte elétrica. A vida útil do modelo mais básico é de mais ou menos 2 anos, e após esse período deve ser feita uma troca. Além disso, é necessário verificar todo o sistema a cada 3 ou 4 meses, além de revisar a demanda elétrica do carro para evitar riscos de sobrecargas.

Em seguida, os anéis de compressão são responsáveis para ajudar na mistura do combustível com o ar. Geralmente são 3: o primeiro impede a passagem de ar para o interior do cárter; o segundo, além de auxiliar o anterior, raspa o excesso de óleo que é descarregado pelo terceiro anel para o interior do cárter.

O cabeçote, que é a “cabeça” do motor conduz a entrada e saída de ar e combustível dos cilindros. É aqui que estão algumas das outras peças mais específicas como as válvulas de admissão e escape, além da câmara de combustão. O superaquecimento do motor e o escape com excesso de fumaça são dois problemas comuns que podem surgir a partir desse componente.

Os cilindros e o pistão são componentes que trabalham em conjunto. Os pistões recebem a explosão da mistura do ar com o combustível e usam essa força para girar. Já os cilindros, proporcionam esse movimento. Normalmente, a potência de um carro pode ser medida pela quantidade de cilindros. Quanto mais dessa peça, mais potência, isso porque que cada um tem o seu próprio pistão. Já a avaliação deste elemento, pode dizer muito sobre a saúde do motor. Por fim, o virabrequim, que transforma o movimento dos pistões em energia para as rodas.

Alguns dos outros componentes são: as velas de ignição que geram as faíscas necessárias para a combustão, o solenoide de partida que liga o motor de arranque junto a bateria, e as válvulas que vedam as estruturas da câmara.

Por que conhecer?

Conhecer as partes do motor do carro é extremamente importante. Primeiramente, é uma questão de segurança. Saber identificar alguma condição não ideal por meio de revisões é fundamental para evitar problemas maiores. Além disso, é muito mais barato consertar um problema pequeno do que após ele se tornar mais grave. Isso é mais importante ainda, para quem pretende fazer uma longa viagem, por exemplo.

Tags