O que é o anel de segmento?

26/07/2019|Contagem Motor Peças

O motor de um carro é um equipamento bem complexo. Ele funciona por conta do trabalho de diversas peças que atuam em conjunto, complementando funções, de modo a fazer com que o carro trabalhe perfeitamente. Por conta dessa harmonia, um problema em uma peça pode trazer consequências para todo o sistema. O anel de segmento é uma peça extremamente importante para a saúde e o funcionamento do motor. Confira tudo sobre este componente fundamental.

O que é o anel de segmento?

Os anéis de segmento são peças pequenas, mas isso não quer dizer que elas não são importantes. Problemas nos anéis podem afetar a potência do motor, aumentar o volume de gás que sai pelo escapamento e ainda podem prejudicar as outras peças, se transformando em uma grande bola de neve de problemas no carro.

Sua principal função é controlar o fluxo de óleo nas paredes do cilindro, além de garantir a compressão da câmara de combustão e conduzir parte do calor do pistão para o cilindro.

Os tipos de anéis

A quantidade e os tipos de anéis podem variar de acordo com o motor. Os motores podem ter dois, três, quatro ou até cinco anéis, mas normalmente são três tipos de anéis principais:

Anel raspador

O objetivo principal do anel raspador é garantir que exista apenas uma fina camada de óleo dentro do cilindro, de modo a promover a diminuição do atrito entre ambos. Ele faz isso raspando o cilindro, daí o seu nome, restringindo o excesso de óleo que pode voltar ao cárter. Esse anel também tem a função de ajudar no controle da temperatura no motor, facilitando a troca de calor do pistão para a parede do cilindro.

Anel de óleo

anel de óleo tem uma função complementar ao anterior, transportando o excesso de óleo raspado para dentro do cárter.

Anel de compressão

Já o anel de compressão, tem como objetivo garantir a compressão na câmara de combustão. Para isso, é vedada a folga que existe entre o cilindro e o pistão, de modo que o mesmo possa comprimir a mistura de ar e combustível que gera a combustão. Com isso, a energia gerada é mais bem aproveitada, o que impede a passagem de gases para o cárter e resulta em uma potência melhor do motor.

Dicas e problemas com os anéis de segmento

Por conta desta importância, é fundamental garantir que os anéis de segmento estejam funcionando de maneira ideal.

É importante entender que existe um desgaste natural destas peças. Isso significa que após tanto contato com as outras peças, pode haver alguma deformação após certa quilometragem.

Hoje em dia, as peças são feitas para ser ainda mais resistentes, mas a manutenção preventiva ainda é necessário, especialmente para verificar o estado de vedação dos anéis. Um mecânico consegue facilmente medir essa vedação.

Outra grande fonte de problema nos anéis é a falta de manutenção mais simples. A sujeira e a poeira tornam a deformação ainda mais rápida. Por isso, é preciso garantir que a troca do óleo lubrificante e dos filtros seja feita de acordo com a frequência recomendada.

O anel de segmento é uma peça fundamental do motor do carro. Sendo assim, não deixe de fazer a manutenção necessária para que este e todos os outros componentes importantes estejam em pleno funcionamento.

Tags