Filtro de Ar

A função do filtro de ar é ser um guardião do motor automotivo, porque ele impede a entrada de contaminantes nele, como poeira, fuligem, areia e demais impurezas, ao separá-los e eliminá-los, deixando o ar isento de partículas nocivas.

Essa proteção garante que só ar limpo chegue aos sistemas do motor e à câmara de combustão, por onde entra ar também na quantidade ideal para a mistura ar/combustível equilibrada com uma queima perfeita. 
Todo esse processo evita desgaste prematuro nas partes móveis do motor e prolonga sua vida útil.

MANUTENÇÃO

A manutenção do filtro de ar é recomendada de acordo com a quilometragem rodada, sendo indicada sua revisão a cada 10 mil quilômetros, porém este número pode variar significativamente dependendo da marca e tipo de filtro e também dos terrenos onde o veículo é utilizado, que podem conter mais ou menos partículas de poeira no ar.

Trocar o filtro de ar quando precisa evita o aquecimento do motor, a perda de potência do veículo, o consumo exagerado de combustível e o aumento de emissão de gases na atmosfera. É este conhecimento que precisa chegar até o consumidor, que ainda não tem muita consciência da importância não só dos filtros de ar, mas de óleo e de água inclusive, o que pode pesar no seu bolso e no do meio ambiente também.  

CUIDADOS

É indicado que o motorista fique atento a alguns sinais que podem indicar a necessidade de substituição do filtro (se ele for descartável) ou sua limpeza (se ele for lavável). Um dos indicadores de problemas no filtro de ar é a emissão de fumaça escura e opaca pelo escapamento, resultado das partículas poluentes que adentraram no motor junto com o oxigênio.

Outro indicador de que o filtro de ar não está trabalhando corretamente é a perda de potência do motor ao acelerar o veículo, o que ocorre devido à mistura desproporcional de combustível e oxigênio utilizado na combustão.

PROBLEMAS COMUNS

Quando o filtro de ar fica saturado, ele passa a obstruir a passagem de oxigênio para o motor, aumentando a quantidade de combustível que o motor precisa consumir para produzir a energia necessária para movimentar o carro.

Outra consequência deste problema, além do aumento do consumo de combustível, é que a emissão dos gases resultantes da combustão torna-se contaminante, uma vez que a mistura desproporcionada de combustível e ar faz com que a mistura não seja queimada corretamente.

Se o filtro de ar estiver danificado, ele pode ocasionar ainda outro problema, que é permitir a passagem das partículas de pó para o motor. Quando isso ocorre, estas partículas começam a degradar o motor prematuramente, pois elas podem provocar avarias nos pistões e nos cilindros, exigindo um gasto bastante elevado para efetuar o reparo do sistema.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS

Retire o filtro de ar para verificar sua sujeira. Neste caso, agite um pouco o filtro para remover a poeira da superfície e avaliar o estado da peça, lembrando que a cor original dos filtros de ar costuma ser branca ou amarela clara. Se ele estiver muito sujo, será preciso substituí-lo ou lavá-lo.

 

OUTRAS FOTOS