Válvula de Alívio

A válvula de alívio fica localizada no coletor de escape e serve para regular o fluxo de gases que passam pela turbina evitando que essa gire rápido demais e envie um excesso de ar para o motor, o que pode resultar em estouro das mangueiras ou até mesmo a quebra do motor. O que ela faz é monitorar a pressão dos gases de escape, quando essa pressão atinge o máximo regulado pelo sistema ela se abre e permite que parte dos gases sejam desviados direto para o escapamento (sem passar pela turbina) evitando que essa gire demais (por isso o nome Válvula de Alívio”).

É através dessa válvula que o recurso Booster se baseia. Através de um solenoide ativado pelo motorista, a válvula de alívio pode assumir outra pressão máxima e assim permitir que a turbina gire mais do que o regulado anteriormente, proporcionando assim uma potência maior para o motor durante esse período.

PROBLEMAS COMUNS

A válvula Wastegate, está submetida a altas temperaturas, e os seus componentes como: a mola e a membrana; sofrem deformações e desgastes que influem em um mal controle da pressão do turbo, além de que não têm em conta fatores tão importantes para o bom funcionamento do motor como são a altitude e a temperatura ambiente.

O Booster altera o limite máximo de pressão da turbina, ou seja, enquanto ele estiver ativado o fluxo de gases será maior e a pressão será maior, por isso só o utilize se realmente for necessário pois seu uso excessivo reduz a vida útil do motor.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS

Normalmente quando os carros estão equipados com estas válvulas e se mexe no turbo ou se aumenta a pressão máxima de funcionamento, o mecanismo de atuação da Wastegate pode não ser suficiente para trabalhar nas referidas pressões e tem que se trocar a válvula. A mola do mecanismo de controlo da válvula tem um papel importante no correto funcionamento e atuação da Wastegate, daí a escolha ser bastante importante.

 

OUTRAS FOTOS