Jornada do cliente em uma retífica: 5 dicas básicas

7 minutos para ler
Powered by Rock Convert

O marketing digital é uma das estratégias mais completas que existe para você divulgar e fortalecer a sua marca, se relacionar com seus clientes, humanizar a sua marca e claro, o que todos querem: vender mais!

Uma das etapas mais importantes dentro do marketing digital é conhecer a jornada do seu cliente. Isso fará com que você possa ser assertivo na hora de criar o plano de marketing da sua retífica. Não sabe ainda como executar esse passo? Então, vem com a gente que vamos lhe ensinar tudo neste artigo!

Passo 1: Aprenda, Resolva, Compare e Compre

O primeiro passo é compreender que a jornada será dividida nestes 4 pontos:

• Aprenda;

• Resolva;

• Compare;

• Compre.

O segredo é você entender como a sua persona se comporta em cada uma destas etapas da jornada. Para isso, você precisa se sentar e responder as perguntas ou reflexões que preparamos abaixo. Para cada etapa, existem quatro tarefas a serem respondidas.

1. Descreva as principais dúvidas ou problemas que seus clientes têm.

O objetivo desta tarefa é você listar os assuntos que possam ser usados para criar gatilhos mentais e incentivar os clientes a lembrarem das soluções que a sua empresa propôs para resolver aquela dúvida ou problema.

2. Quais as fontes de informação que o cliente usa para resolver dúvidas?

Dentro do mundo digital, onde é que seu cliente buscar informações? No Google? Nas redes sociais? Em algum portal especializado no seu nicho de mercado? Por WhatsApp ou Telegram?

Analise o perfil dos clientes da sua retífica e, até mesmo através de conversas com os clientes, você pode identificar locais de fonte de informação que serão estratégicos, você estará presente.

Por exemplo, se o seu cliente nem tem ideia do que é Instagram, não faz sentido, agora, você estar presente por lá.

Por isso, sempre destacamos que no marketing digital não há receita pronta de bolo. Cada empresa e cada ramo é um, possui seus próprios clientes e tem sua própria estratégia.

3. Qual é a resposta da sua retífica para seus clientes?

Essa resposta é muito importante. Olhe para dentro do seu negócio e pense: como a sua empresa pode ajudar a resolver o problema do seu cliente? Qual é a melhor forma que a sua equipe vai ajudar essa persona a aprender sobre essa solução ou sobre como resolver essa dor?

É através destas respostas que você criará a sua estratégia de, por exemplo, uma possível automação de marketing, com e-mails com conteúdos relevantes que nutrem a sua base de clientes para que eles se mantenham fiéis e sempre com a sua marca em mente, quando eles precisam de algo que você oferece.

4. Como você vai resolver o problema desta persona?

É através de vídeos? De blog post? De Instagram Stories? De mensagens no WhatsApp ou Telegram? Há inúmeros formatos de entrega de conteúdo e, aos poucos, você vai conseguir perceber quais são os tipos preferidos que seus clientes gostam de consumir.

Cada uma das quatro etapas: aprender, resolver, comparar e comprar pode ter tipos de conteúdos em formatos diferentes, mas sempre mantendo a mesma linha de comunicação e identidade visual.

Passo 2: Quais as soluções para as dores que a sua persona gostaria de resolver?

No passo anterior, você conseguirá identificar as dores que a sua persona tem. Lembre-se que esse é um ciclo que nunca acaba. Ou seja, conforme o mercado for ficando mais maduro, novas dores surgirão, algumas deixarão de existir.

Esse processo de criação de jornada é algo que deve estar sempre em pauta na sua estratégia, pois sempre precisará de atualização. Entretanto, sempre vale a pena, pois um planejamento de marketing digital eficiente, faz com que o seu negócio decole no mundo digital e traga mais lucratividade e competitividade.

Sabe quem são as pessoas que mais podem lhe ajudar a identificar dores das personas? Os funcionários da linha de frente. Seja vendedores, profissionais que recepcionam os clientes na loja, quem faz o atendimento via telefone, e-mail ou WhatsApp. É importante sempre estar atento às conversas e às palavras que os clientes utilizam. Uma análise com atenção nestes diálogos podem trazer insights valiosos para você identificar novas dores das personas.

Passo 3: Posicionamento da sua empresa

O posicionamento é aquela imagem que você criará sobre a sua empresa na cabeça do seu cliente. Qual mensagem você quer que seu cliente fique, de forma inconsciente sobre a sua empresa?

Imagine que uma das dores do seu cliente é não entender como se faz um plano de manutenção preventiva de algum equipamento. Você pode criar uma planilha editável que demonstre um passo a passo de como realizar esse procedimento.

Além disso, ao longo da jornada, você pode, inclusive, demonstrar quais são as peças que você vende e que devem ser trocadas de forma regular durante esse plano de manutenção preventiva. Esse é apenas um exemplo, você pode aplicar a mesma ideia para diferentes dores e diferentes soluções.

Lembre-se que cada vez mais os clientes têm menos tempo. Então, as soluções que fazem eles economizarem tempo são as mais buscadas.

Exemplo: a dor é demonstrar resultados para os gestores. Um posicionamento ideal seria: uma ferramenta que permite criar estratégias e provar valor em um único local de análise. Vamos falar sobre esses benefícios no próximo tópico, vem com a gente!

Passo 4: Benefícios das soluções oferecidas

O cliente só irá se interessar por algo que você tem a dizer se: primeiro, ele tiver interesse em resolver esse problema. Segundo, se ele ver benefícios que irá ganhar ao reservar um tempo na agenda tão corrida para lhe ouvir.

Você sempre deve deixar claro o que o cliente irá ganhar de benefício ao comprar ou usufruir de alguma solução que você oferece.

Para lhe ajudar a entender sobre os benefícios, separamos os principais que talvez você possa usar na sua estratégia:

• Economizar dinheiro ou tempo;

• Buscar o melhor custo benefício;

• Fazer a escolha certa do produto, ter a sensação de que está fazendo a melhor escolha;

• Entender o que está comprando.

Passo 5: Objeções comuns dos seus clientes

Mais uma vez o time de linha de frente pode lhe ajudar nesta tarefa. Você deve descobrir quais são as objeções que seus clientes têm ao negociar um produto com a sua empresa. Elas podem ser das mais variadas, por exemplo:

• Preço;

• Prazo de entrega;

• Formas de pagamento;

• Desconfiança sobre a qualidade do produto durante a negociação;

• Não entende sobre o produto e tem medo de realizar a compra;

• Falta de segurança na hora de fazer a compra.

Todas essas objeções podem ser sanadas através de estratégias de negociação e também de marketing digital focadas na jornada de compra.

Se você seguir esses 5 passos, você terá documentado e conhecido as dúvidas, comportamentos, objeções e preferências do seu cliente. O próximo passo é você usar o seu criativo para criar conteúdo digital para sanar todos esses pontos e utilizar as informações de forma inteligente para sempre deixar o cliente seguro para passar para a próxima etapa da jornada, até chegar à conversão.

Vamos continuar aprendendo sobre marketing para retíficas? Nosso blog está recheado de conteúdos que lhe ajudarão a entender melhor a área e fazer a sua empresa se destacar no mundo digital dentro do seu ramo de mercado.

Posts relacionados

Deixe um comentário